Viva uma vida extraordinária!


Mais um ano se passou e outro se inicia. Geralmente nesta época olhamos para trás e refletimos sobre o que fizemos que neste ano que acabou e projetamos o que queremos para esses novos dias que virão. Apesar disso muitos se frustram ao fazer essa retrospectiva, pois percebem que não sua vida não atingiu aquilo que suas expectativas inicias lhes propuseram.


E na vida de muitas pessoas este sentimento se torna rotineiro, ano após ano, virada após virada, o desapontamento com as próprias realizações o acompanha. E vamos nos acostumando a viver uma vida morna.


Porém, nosso Deus não nos chamou para tal situação. No evangelho segundo João, no capítulo 10, Cristo está falando de como suas ovelhas ouvem sua voz e conhece o seu pastor, e lhe obedecem e o seguem, e no versículo 10 ele diz “Eu vim para que tenham vida e vida em abundância “. Ao dizer isso nosso Mestre demostra que os seus discípulos não devem viver uma vida ociosa, infrutífera ou ordinária, mas sim uma vida abundante, extraordinária.


Mas como alcançar tal coisa? Como ir além daquilo que nossos olhos humanos conseguem ver? Nosso irmão Pedro, em sua segunda epistola, capitulo 1 e a partir do versículo 5 nos dá a receita: “[...] empenhe-se para acrescentar a tua fé a virtude, à virtude conhecimento, ao conhecimento o domínio próprio, ao domínio próprio a perseverança, à perseverança a piedade, à piedade a fraternidade, e à fraternidade amor.” A escritura vai nos dizer que ao incorporarmos tais coisas ao nosso caminhar, ao pleno conhecimento de Cristo, nossos dias deixaram de ser inoperantes e sem produtividade, porém se nos esquecermos desses princípios perdemos essa visão extraordinária, e passamos a enxergar apenas o que está perto.


A Fé nos dará a convicção de que tudo está sob o controle do Senhor, e que tudo podemos nEle, quando aliada a virtude, se torna uma fé genuína. Nossa fé tem de estar fundamentada nas escrituras, devemos nos esforçar em conhecer nosso Salvador. O Domínio próprio é um dos 9 frutos dos espirito citados pelo apostolo Paulo na sua carta aos gálatas, é parte integral da graça, pois se não controlarmos nosso impulsos, desejos carnais e sentimentos, tais coisas nos controlarão e facilmente perderemos nosso propósito. Todavia, não conseguiremos domar nossas vontades da noite para o dia, por isso esse fruto deve estar unido à perseverança, que deve ser uma das principais características do cristão verdadeiro, pois se confiamos que Ele está conosco não devemos desistir na primeira tempestade, Cristo nos disse que neste mundo teríamos grandes aflições, entretanto Ele venceu o mundo e firmados nEle também venceremos. Nada obstante, de nada valeria se nossa fé fosse tão fundamentada e não expressássemos o maior dos dons: O amor, por isso, tudo isto deve estar unificado com a piedade e a fraternidade, que surgirão mediante a exercício da bondade em nosso dia-a-dia, a caminhada de nosso Senhor aqui na terra é repleta de atitudes que nos ensinam isso, a sensibilidade com o próximo, o estender as mãos os necessitados, dentre outras.


Viver uma vida extraordinária é ir aonde jamais fomos, é elevar nossa fé onde jamais ela foi, é buscamos hoje como não buscamos ontem. Jesus em seu sermão do monte enumera os mandamentos da lei, contudo ele diz “Eu, porém vos digo que ...”. Cristo elevou a lei ao extraordinário, aqueles que ouviam, ainda que cumprisse o que até aquele momento estava escrito, deveriam fazer o que nunca haviam feito. E assim deve ser nossas vidas, não nos contentarmos com o nível que atingimos, mas ir além. Nossa vida cristã deve ser uma constante construção, que nunca está completa, mas que passo a passo vai sendo levantada até atingirmos nosso alvo, que é esta na gloria com o Senhor.


Ânthoni Xavier Bahia Firme

Biomédico, CEO da Bahiamed,

Ministro do Evangelho


Por Trás do Blog
novas logos departamentos CBMB.png
Conheça a CBMB
Logo CBMB Chapada.png